sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Beleza feminina depois dos 60 anos!

Quando falamos sobre uma mulher de pouco mais de 60 anos, o que te vem à cabeça? “Vovó”, “Crochê”, “Aconchego”, “Comidinhas”? Pois é, mas para provar que existem outras formas de pensar e agir na terceira idade, a empresa American Apparel fez sua atual campanha de lingerie com fotos sensuais de uma modelo com 62 anos.

Ela se chama Jacky O’Shaughnessy, nunca fez cirurgia plástica e suas fotos para a campanha não receberam manipulação do Photoshop, mostrando seu corpo exatamente como é. A campanha tem causado grande repercussão mundo a fora: em uma das publicações no Facebook da marca, postaram uma foto com a legenda: “Sensualidade não tem data de validade”. 

A American Apparel tem um histórico em fazer campanhas que fogem do comum, instigando sempre as pessoas a pensarem de forma diferente dos padrões impostos, principalmente por outras marcas de lingerie, e o debate é sempre interessante e válido. 

Veja algumas fotos da campanha:

aa12
american-apparel-jacky
jacky-42
timthumb-700x357
american-apparel-jacky-2
jacky_wide-620x349
288392-10150184995679979-1464851522-o-232435_0x440

Fonte: Hypeness


terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Street Style: com fotos de transeuntes brasileiras!

Você costuma parar na frente do guarda-roupa e ficar meia hora pensando numa combinação bacana para fazer? Quem nunca...

Por isso o Street Style (estilo das ruas em inglês), tem sido cada vez mais valorizado.
É tão bacana nos inspirarmos em pessoas reais, anonimas e que possuem uma silhueta "normal", não são magérrimas como as modelos de revistas.
Trago aqui, diversas fotos tiradas pelos sites: Rio Etc, Street Style SP e Style BR, especialistas em estilo vindo das ruas. Eles fotografam transeuntes que conseguiram imprimir seu estilo pessoal através do vestuário.
Confiram:














sexta-feira, 28 de novembro de 2014

O "Selfie" que levanta a auto estima!

A Dove apresentou no Festival de Sundance, o curta “Selfie”, feito pela cineasta Cynthia Wade. No vídeo, adolescentes são instigadas a pensar em características físicas que não gostam e que as incomodam. Depois elas são convidadas a fazerem autorretratos (os “selfies”) com suas mães. O trabalho vira uma exposição em que os visitantes são convidados a colar adesivos com elogios, o que ajuda as adolescentes a se aceitarem e a reconhecerem que podem ser bonitas mesmo sem se encaixar no padrão de beleza vigente. “As redes sociais estão ampliando a aceitação do que é beleza”, diz uma das mães filmadas.
Em parte, muitas pessoas que assistem ao vídeo são instigadas a refletir (logo, a postar seus comentários) porque se identificam com ele. O curta nos propõe uma reflexão sobre o papel das mães, e como as inseguranças delas com relação à beleza são passadas para as filhas. “Eu acho que as inseguranças da minha mãe me afetam muito. Quando você ouve ela falando das suas inseguranças, você começa a focar em você mesmo”, diz uma das adolescentes entrevistadas.
No desenrolar da história, além das mães e das adolescentes, entra um terceiro componente fundamental para a trama: o smartphone, que viabilizou a popularização dos “selfies”. O hábito incorporado aos dias de hoje de fazer autorretratos parece ter um grande poder para mudar o padrão de beleza (ou acabar com ele). E é por isso que as meninas são convidadas a ensinarem suas mães, de uma geração que não está tão familiarizada com os “selfies”, a fazer fotos com o celular. As filhas mostram para as mães pequenos truques para sair melhor na foto, o que ajuda todas elas a terem uma relação melhor com a autoimagem.
Além do curta, que tem oito minutos de duração, a empresa no Brasil publicou o vídeo “Dove Câmera Tímida”, de um minuto, que mostra mulheres se esquivando de uma câmera, em contraponto à sequência de meninas se exibindo ainda crianças. O questionamento é quando elas pararam de se achar bonitas. As ações fazem parte de um movimento criado pela Dove que chama as mulheres a mostrarem sua “real beleza”. Por enquanto, as campanhas serão veiculadas apenas na internet.
Assita o curta “Selfie”:



Assista o vídeo "Dove Câmera Tímida"




Fonte: FFW


quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Intimidade Feminina: Quartos que revelam o universo em que algumas mulheres vivem!

O universo da intimidade cotidiana é muito amplo e profundo, as coisas dispostas em um quarto podem revelar muito mais do que a personalidade de uma mulher. 

Abismos sociais gritantes, diferenças culturais que chegam a ser constrangedoras, essas e outras sensações são causadas pelo ensaio feito pelo fotógrafo italiano Gabriele Galimberti, que viajou o mundo registrando o quarto de mulheres entre os 18 e os 30 anos, nos mostrando muito mais do que quartos decorados. São os espelhos da história, personalidade, cultura, obsessões e status social das garotas que eles ocupam, mas também a única janela para conhecer o mundo dessas jovens mulheres.

Anna, 28 – Berlim, Alemanha


Claire, 27 – Londres, Reino Unido


Bogol, 19 – Edea – Camarões



Kandra, 25 – Ilhas Cayman



Virginia, 28 – Ilhas Cayman



Katja, 27 – Colônia, Alemanha


Cristina, 23 – Cartagena, Colômbia



Andrea, 21 – Cartagena, Colômbia



Enas, 22 – Cairo, Egito



Danai, 20 – Suonio, Grécia



Katerinai, 27 – Atenas, Grécia



Altidon, 19 – Maniche, Haiti



Daphne, 19 – Porto Príncipe, Haiti


Miki, 25 – Tóquio, Japão



Mayu, 22 – Tóquio, Japão



Berenice, 19 -€“ Las Vegas, EUA



Suzie, 30 – Las Vegas, EUA




Delphine, 25 – London, Reino Unido




Mickayla, 23 – Londres, Reino Unido



Katelyn, 20 – New York, EUA



Susanna, 27 – Paris, França



Suraya, 30 -“ Paris, França


Giselle, 20 – Rio de Janeiro, Brasil



Gessiane e Jéssica, 20 – Rio de Janeiro, Brasil



Holly, 30 -€“ Austin, Texas




Tiffany, 30 – Toronto, Canadá




Lena, 24 – Odessa


Fonte: Hypeness


sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Stella McCartney para C&A: Coleção 2014

A primeira parceria de Stella com a C&A foi lançada em 2011, quando a rede de varejo colocou à venda uma coleção de Inverno assinada pela estilista. Até hoje, a linha é considerada uma das melhores edições das parcerias que a C&A tem feito com estilistas.
Agora a coleção é de Verão e terá 50 peças como macacões, calças e blazers, com preços entre R$ 49,90 e R$ 259. Está lá também o vestido com decote nadador, marca da estilista. Stella é fiel ao seu estilo e propõe uma série de peças práticas e confortáveis, unindo alfaiataria com itens de impacto, como uma série dourada, que inclui regata, blusa e calça. Na paleta ainda estão tons pastel, azul marinho, preto e branco. Além disso, a coleção também terá linha de acessórios (atenção para clutchs e sandálias), beachwear e infantil, que não faziam parte na primeira edição.
A coleção chega às lojas selecionadas dia 18 de Novembro






















Conheça algumas das peças:



































Fonte: Blog Vista C&A, site Lilian Pacce, Hoje vou Assim Off, FFW