sexta-feira, 26 de novembro de 2010

"As Horrorosas Plataformas" por Leticia Pontes*

Quando mudei para Estocolmo em 2004, me senti obrigada a deixar para trás minhas queridas sandálias plataforma pois não eram muito aceitas pelos suecos, eles estranhavam ver alguém se equilibrando naquelas ”placas” de madeira, achavam exagerado!

Como não queria parecer ainda mais diferente do que eu já pareceria pois, sou brasileira tenho cabelos e olhos escuros e eles, totalmente diferente de mim, são claríssimos, pele, cabelo e olhos, aceitei o fato de não usá-las.

Eis que em 2006, quando trabalhava em uma famosa loja aqui no centro de Estocolmo, chegou a coleção de verão. E adivinhem quais as sandálias que faziam parte da coleção? Isso mesmo: sandálias plataforma. Fiquei tão feliz em ver minhas amadas ali, expostas na loja, à disposição das clientes!

E lá fui eu tentar vender as lindinhas… Só tentei, porque NINGUÉM queria comprá-las. As clientes, colegas da loja, todas torciam o nariz para as sandálias, ninguém conseguia ver sua beleza e graça! Ainda por cima achavam que o estilo plataforma era direcionado apenas para ”mulheres de vida fácil”, se é que vocês me entendem!

O mais engraçado era contar a todos o quanto essas sandálias eram famosas no Brasil e que até na areia da praia tinha gente que usava. Ninguém acreditava.

A liquidação de verão chegou e nem com 70% de desconto conseguiamos vender as plataformas.

Conforme os anos se passaram, o que pareceria impossivel aconteceu, as sandálias viraram moda em Estocolmo e morri de rir quando finalmente pude ver todas as blogueiras declarando amor incondicional às tão ”horrorosas” plataformas.

Engraçado que na moda aquela frase ”nunca diga nunca” se encaixou perfeitamente! Tudo é uma questão de entendermos a proposta do produto, da marca e da época.

O que não podemos fazer nunca é deixarmos nossa personalidade e valores de lado para nos encaixarmos em padrões pré estabelecidos, não é mesmo?

Selecionei algumas imagens de como as ”horrorosas” plataformas conseguiram se adaptar ao estilo de vida sueco:



E aqui, 2 exemplos de plataformas que continuaram reinando no verão sueco de 2011:

Rodebjer e Whyred - Primavera/ Verão 2011 - Foto Karolina Skande



* Leticia Pontes é Consultora de Imagem (www.leticiapontes.com), atua no mercado de moda e imagem desde 2006.

7 comentários:

  1. Adorei!Que rico ter a nossa querida como correspondente oficial na Europa!
    Ficou super bacana meninas!
    beijos
    Mellina Dulizia

    ResponderExcluir
  2. Puxa, realmente, cada país tem sua cultura e quando se trata de verão, a moda do Brasil tem se espalhado cada vez mais... e chegou até Estocolmo... DEMAIS!!!

    ResponderExcluir
  3. Mellina,
    obrigada pelo comentário! Fico feliz pela forca.
    Beijos e que vc continue tendo muito sucesso! ;)
    Leticia

    ResponderExcluir
  4. LE!!!! q saudadesss!!!! Vcs estao de parabens!!!
    Muito real isto do Nunca diga nunca!!!
    Acredita que lembro sempre de vc quando ligo minha TV HD! ahhha

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  5. Não existe horrorosos na moda, tudo tem seu tempo, sua hora... Parabéns pela matéria!

    ResponderExcluir
  6. Lê,
    Amei o seu post e adorei a idéia da Gabi de te chamar para nos deixar por dentro de tudo o que está rolando em Estocolmo.
    Acho que você pegou leve nas fotos, até que essas plataformas não estão tão ruins...
    Existem alguns modelos aqui do Brasil é que são medonhas, mais parecem com patas de vaca!!!
    Fala sério....

    ResponderExcluir
  7. Adorei! Tô orgulhosa da minha irmãzona!! Beijos

    ResponderExcluir